Secretário Maurício Barbosa determinou com celeridade as investigaçõesOs investigadores da Polícia Civil Otávio Garcia Gomes, 43 anos, Joaquim Pinto Neto, 42, Robertson Lino Gomes da Costa, 44, lotados na Delegacia Territorial de Porto Seguro, além de Murilo Bouson de Souza Costa, 22, filho de Robertson, diretamente envolvidos com a morte do custodiado Ricardo Santos Dias, 21, já são considerados foragidos da Justiça. Com mandado de prisão preventiva expedida na manhã desta segunda-feira hoje (16), pelo juiz da 1ª Vara Criminal da Comarca de Porto Seguro, André Marcelo Strogenski, o quarteto é apontado como responsável pela morte de Ricardo, que sofreu diversas agressões na noite de sábado (14), na carceragem da delegacia local e, socorrido para uma unidade de saúde da região, não resistiu aos ferimentos e faleceu. Por determinação do secretário Maurício Barbosa,Leia a Matéria Completa. o corregedor-geral da Secretaria da Segurança Pública, Nélson Gaspar, e a corregedora da Polícia Civil, delegada Iracema Silva de Jesus, seguiram para Porto Seguro, para acompanhar as investigações, presididas pelo delegado Evy Paternostro, titular da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Eunápolis). fonte tribuna.

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.