Uefs retoma aulas após 65 dias de greve nas universidades estaduais da Bahia

UEFS

Após greve que durou 65 dias nas universidades estaduais baianas (veja aqui), a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) retomou as aulas nesta segunda-feira (17). Com o retorno, o último dia letivo deste período será no dia 24 de setembro, conforme o G1.

Já as aulas na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Salvador e Eunápolis, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), que também aderiram a greve, só devem voltar depois do recesso junino, por decisão dos estudantes, que fazem paralisação para pedir investimentos nas unidades de ensino.

Uneb

Segundo a publicação, os professores retomaram às atividades previstas no calendário acadêmico nos 24 campi, nesta segunda. No entanto, nos campi de Salvador, no bairro do Cabula, e em Eunápolis, no sul do estado, os alunos fizeram paralisação e impediram a entrada dos professores na instituição.

Em Salvador, os estudantes só autorizaram a entrada dos funcionários dos setores administrativo e da manutenção.

Uesc

Na Uesc, os estudantes também decidiram fazer uma paralisação. Os alunos alegaram que o calendário não ficou favorável com a proximidade do feriado junino, já que alguns moram distante das cidades onde a universidade tem campi. As aulas só devem retornar no dia 3 de julho.

Uesb

Assim como a Uesc, as aulas da Uesb só devem retornar após o período junino. O motivo da paralisação dos alunos não foi divulgado.

Fonte:  Bahia Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *