Prefeitura de Itapetinga atua para evitar a proliferação do mosquito da dengue

fumace

O trabalho é minucioso e contínuo. Os agentes de combate a endemias estão percorrendo vários bairros da cidade. Vestidos de macacão de proteção, luvas e máscaras, eles aplicam inseticidas em locais estratégicos, previamente analisados. A aplicação é feita com o fumacê costal, equipamento colocado nas costas para borrifação manual do produto.

A ação da Prefeitura de Itapetinga, através da Secretaria Municipal de Saúde, tem o intuito de evitar a proliferação da dengue, zika e chikungunya.

Ao todo, seis profissionais, distribuídos em duplas, trabalham diariamente. Cada dupla atua entre quatro e sete quarteirões. Esse serviço é executado a partir das 17:30hs, horário de maior movimentação vetorial do mosquito.

As duplas se revezam a cada 30 minutos, com uma estratégia de proteção ao cidadão. “Geralmente, o agente vai à frente para orientar o outro profissional. No caso de os dois estarem perto de lanchonetes, restaurantes e padarias, o guia sinaliza que naquele local é área de alimentação. A borrifação é interrompida naquele trecho determinado por causa do produto químico”, explicou o supervisor de campo, Marivaldo Santos.

Segundo o Coordenador Márcio Ribeiro, esse serviço é feito, prioritariamente, do lado externo dos imóveis. “A gente costuma dizer que essa ação é complementar ao serviço que é executado pelo agente no dia a dia. Nós cuidamos da área externa e os outros agentes do espaço interno. É um trabalho conjunto que tem dado resultados significativos”, afirmou.

A Secretaria de saúde pede atenção aos moradores para quando o fumacê passar. É preciso guardar alimentos ou deixá-los cobertos. Abra portas e janelas, proteja aquários, gaiolas e animais de estimação.

Combater a Dengue é um dever meu, seu e de todos.   

ASCOM/PMI

fumace

fumace 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *