Fundação José Silveira e MP firmam convênio para o combate da tuberculose entre catadores de recicláveis

fundacao1

A Fundação José Silveira (FJS), o Ministério Público do Estado e a Central das Cooperativas de Trabalho de Reciclagem da Bahia firmaram um convênio de cooperação técnica nesta segunda-feira (11) para diagnosticar e reforçar o tratamento dos casos de tuberculose e doenças respiratórias. O atendimento será realizado pela Unidade Móvel da FJS, em parceria com o Rotary Club da Bahia, que dispõe de sala de RaioX e estrutura de coleta de material para a realização do teste rápido. Na avaliação do presidente da FJS, Dr. Geraldo Leite, a iniciativa ganha relevância diante de estudos recentes que revelaram que a incidência de tuberculose nos catadores de material reciclável e moradores em situação de rua é até setenta vezes maior do que a média nacional. Durante o evento nesta segunda, a promotora de Justiça Márcia Teixeira, coordenadora do Centro de Direitos Humanos do MPBA, disse que “o Ministério Público é parceiro há muitos anos da Fundação José Silveira, que realiza um trabalho de referência no combate à doença, experiência que permitiu concretizar esse antigo sonho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *