Aluna da Uesb tem conto selecionado em concurso nacional

jessika-de-oliveira

Aluna do 4º semestre de Letras, Jessika de Oliveira, de 28 anos, tem muito o que contar e comemorar após ter um conto de sua autoria selecionado no Concurso Nacional de Novos Escritores. “Festa de Aniversário” foi selecionado em dezembro de 2019, na categoria “Prosa/Conto”, e será publicado em uma antologia de contos no mês de março deste ano.

Jessika se inscreveu no concurso por meio de uma plataforma on-line de concursos literários. Em janeiro de 2020, veio o resultado: entre 519 inscritos, o conto “Festa de Aniversário” foi escolhido para compor um livro com 150 contos denominado Coletânea de Contos Conte-me um Conto 2019. Ainda no mês de março, a jovem escritora receberá uma medalha, um certificado de participação e dez exemplares da antologia.

O conto premiado nasceu em uma oficina do projeto “Papo Lírico”, coordenado pelos professores Anísio Assis Filho e Valéria Lessa, ambos do Departamento de Ciências Humanas e Letras (DCHL). Natural do município de Baixa Grande, interior da Bahia, a jovem escritora já cursou Letras na Universidade Federal da Bahia (Ufba), mas não concluiu. “Me inspiro em escritoras negras como Conceição Evaristo, Djalma Ribeiro, Toni Morrison, entre outras”, exemplificou.

valéria-anísio-e-jessika

Trajetória  na Literatura – Mulher, negra, casada, mãe e sempre apaixonada pela Literatura, Jessika colaborou e aprendeu muito em vários projetos da Uesb. Participou do Grupo de Estudos em Linguística – A influência das línguas africanas no Português brasileiro, foi voluntária no projeto Estação da Leitura (Estale), bolsista do projeto “É de letra! Conscientizar-se! Memória e música como argumento para ensinar e aprender sobre o Brasil e voluntária no Programa Institucional de Iniciação à Docência.

Escrever, ler e “viajar” nos livros sempre foi uma tarefa prazerosa para a escritora. “Sempre leio. A leitura me proporciona conhecer muitas realidades diferentes e isso me instiga a não parar. Comecei a escrever ainda na infância. Entretanto, nunca tive oportunidade de publicar nada. O mercado editorial é difícil para as mulheres e, sobretudo, para mulheres negras”, disse.

Foi na Uesb que ela conheceu o projeto de extensão “Papo Lírico” e se identificou com a proposta das atividades e com a oficina “Viver para contar e contar para viver”, coordenada pela professora Valéria Lessa. Na oficina, foram trabalhadas teorias de escritores para a construção de narrativas em prosa e cada participante criava um conto nos encontros semanais. Tanto alunos da comunidade quanto da universidade participaram.

jessika-de-oliveira

Sobre o prêmio – O Concurso Nacional Novos Escritores tem o objetivo de descobrir novos escritores com obras inéditas para lançar no mercado da Literatura Brasileira, especialmente na categoria Conto. “Quando recebi o resultado, pensei: ‘tudo valeu a pena’. Consegui construir e compartilhar uma narrativa que terá visibilidade nacional. Tô muito feliz e me sinto privilegiada em poder representar minhas irmãs pretas”, comemora a discente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *